Top thingy left
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
     
  16 de julho de 2019
Hubble descobre misterioso disco de buraco negro
Graças ao Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, os astrónomos observaram um disco fino e inesperado de material envolvendo um buraco negro supermassivo no coração da galáxia espiral NGC 3147, localizada a 130 milhões de anos-luz de distância. A presença do disco do buraco negro, numa galáxia ativa de tão baixa luminosidade, deixou os astrónomos surpresos. [Ler mais]
     
     
  16 de julho de 2019
Descoberto um disco circumplanetário, "formador de luas", em torno de jovem planeta
Recorrendo ao ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array), os astrónomos fizeram as primeiras observações de um disco circumplanetário, a cintura planetária de poeira e gás que os astrónomos fortemente teorizam controlar a formação de planetas e que dá origem a todo um sistema de luas, como o encontrado em redor de Júpiter. [Ler mais]
     
     
  16 de julho de 2019
Descobrindo exoplanetas com ondas gravitacionais
Num artigo publicado recentemente na revista Nature Astronomy, investigadores do Instituto Max Planck para Física Gravitacional (Instituto Albert Einstein) em Potsdam, Alemanha, e da Comissão de Energias Alternativas e Energia Atómica em Saclay, Paris, sugerem como o futuro observatório espacial de ondas gravitacionais LISA poderá detetar exoplanetas em órbita de anãs brancas binárias em toda a nossa Via Láctea e nas vizinhas Nuvens de Magalhães. [Ler mais]
     
     
  9 de julho de 2019
Cientistas identificam dois buracos negros supermassivos em rota de colisão
Astrónomos descobriram um par distante de buracos negros titânicos em rota de colisão. A massa de cada buraco negro é superior a 800 milhões de vezes a do nosso Sol. À medida que os dois se aproximam gradualmente numa espiral da morte, vão começar a libertar ondas gravitacionais que ondulam através do espaço-tempo. Estas ondulações cósmicas vão juntar-se ao ruído de fundo, ainda não detetado, das ondas gravitacionais de outros buracos negros supermassivos. [Ler mais]
     
     
  9 de julho de 2019
Novo método pode resolver a dificuldade de medir a expansão do Universo
Usando radiotelescópios da NSF (National Science Foundation), os astrónomos demonstraram como uma combinação de observações de ondas gravitacionais e rádio, juntamente com uma modelagem teórica, pode transformar as fusões de pares de estrelas de neutrões numa "régua cósmica" capaz de medir a expansão do Universo e resolver uma questão pendente sobre o seu ritmo. [Ler mais]
     
     
  12 de julho de 2019
Um novo plano para manter vivos os exploradores mais antigos da NASA
Com meticuloso planeamento e traços de criatividade, os engenheiros conseguiram manter as sondas Voyager 1 e 2 da NASA a trabalhar durante quase 42 anos - mais do que qualquer outra nave espacial na história. Para garantir que estas missões continuem a transmitir os melhores dados científicos possíveis das fronteiras do espaço, os engenheiros estão a implementar um novo plano. E isso envolve fazer escolhas difíceis, particularmente sobre instrumentos e propulsores. [Ler mais]
     
     
  9 de julho de 2019
Estrelas massivas crescem da mesma forma que estrelas leves, apenas maiores
Os astrónomos obtiveram a primeira vista detalhada, de face, de um disco gasoso que alimenta o crescimento de uma enorme estrela bebé. Eles descobriram que partilha muitas características usuais com estrelas bebés mais leves, o que implica que o processo de formação é o mesmo, independentemente da massa final. Esta descoberta abre o caminho para uma melhor compreensão da formação estelar. [Ler mais]
     
     
  9 de julho de 2019
Raios-X assinalam buracos negros através do oceano cósmico
Como redemoinhos no oceano, os buracos negros giratórios no espaço criam uma torrente rodopiante em seu redor. No entanto, os buracos negros não criam redemoinhos de vento ou água. Ao invés, produzem discos de gás e poeira aquecidos a centenas de milhões de graus que brilham em raios-X. Usando dados do Observatório de raios-X Chandra da NASA e alinhamentos fortuitos ao longo de milhares de milhões de anos-luz, os astrónomos utilizaram uma nova técnica para medir a rotação de cinco buracos negros supermassivos. A matéria num destes vórtices cósmicos gira a mais de 70% da velocidade da luz. [Ler mais]
 
Arquivo de notícias
 
  IMAGEM DO MÊS  
  As 25 Estrelas Mais Brilhantes do Céu Noturno
Crédito: Tragoolchitr Jittasaiyapan
(clique na imagem para ver versão maior)
 
     
 
Sabe os nomes de algumas das estrelas mais brilhantes? É provável que sim, embora algumas estrelas brilhantes tenham nomes tão antigos que remontam ao início da linguagem escrita. Muitas culturas do mundo têm os seus próprios nomes para as estrelas mais brilhantes, e é cultural e historicamente importantelembrá-las. No entanto, no interesse de uma comunicação global clara, a União Astronómica Internacional começou a designar nomes estelares padronizados. Na imagem em destaque, em cores verdadeiras, as 25 estrelas mais brilhantes do céu noturno, atualmente vistas pelos humanos, juntamente com os seus nomes reconhecidos pela UAI. Alguns nomes têm significados interessantes, incluindo Sirius ("o queimador" em Latim), Vega ("caindo" em Árabe) e Antares ("rival de Marte" em Grego). Também é provável que outros destes nomes de estrelas brilhantes não lhe sejam tão familiares, embora a famosa Polar seja demasiado fraca para fazer parte desta lista.
 
     
 
 
   

11/07/19 - Observação Noturna + palestra - "VEM AÍ O VERÃO!"

21:30 - Este evento inclui uma apresentação sobre um tema astronómico, seguida de observação astronómica noturna com telescópio no nosso maravilhoso terraço (dependente de meteorologia favorável).

Local: CCVAlg
Adultos: 2€ | Jovens: 1€
Telefone: 289 890 920
E-mail: info@ccvalg.pt


 
    ASTROBOLETIM  
   

Receba as mais recentes notícias de Astronomia e imagens no seu e-mail, bem como efemérides astronómicas dos próximos dias.

INSCREVA-SE AQUI!!

Se já está inscrito e pretende cancelar a sua assinatura, também o poderá fazer nesta página.


 
    EFEMÉRIDES ASTRONÓMICAS - JULHO
   
 
    O SOL AGORA
(cortesia SDO)
Carregar na imagem para ver mais
 
 
  FASE ATUAL DA LUA
(cortesia USNO)
Carregar na imagem para ver calendário
 
Top Thingy Right