Top thingy left
 
"MANCHA BRILHANTE" EM CERES TEM COMPANHEIRA MAIS TÉNUE
27 de fevereiro de 2015

 

O planeta anão Ceres continua a intrigar os cientistas à medida que a sonda Dawn da NASA fica cada vez mais perto de ser capturada em órbita pelo objeto. As últimas imagens, obtidas a 46.000 quilómetros de Ceres, revelam que a mancha brilhante que se destacava nas imagens anteriores fica perto de uma outra área também brilhante.

"O ponto brilhante de Ceres são na realidade dois, aparentemente na mesma bacia. Isto pode apontar para uma origem vulcânica, mas vamos ter que esperar por imagens de mais alta-resolução antes de podermos fazer estas interpretações geológicas," afirma Chris Russell, investigador principal da missão Dawn, da Universidade da Califórnia em Los Angeles, EUA.

Usando o seu sistema de propulsão iónica, a Dawn entrará em órbita de Ceres no dia 6 de Março. À medida que os cientistas recebem cada vez melhores imagens do planeta anão ao longo dos próximos 16 meses, esperam ganhar uma compreensão mais profunda da sua origem e evolução através do estudo da sua superfície.

"O ponto mais brilhante continua a ser demasiado pequeno para resolver com a nossa câmara, mas apesar do seu tamanho é mais brilhante do que qualquer outra coisa em Ceres. É verdadeiramente inesperado e ainda é um mistério para nós," afirma Andreas Nathues, investigador principal da equipa da câmara do Instituto Max Planck para a Investigação do sistema Solar, em Gotinga, Alemanha.

A Dawn visitou o asteroide gigante Vesta entre 2011 e 2012, fornecendo mais de 30.000 imagens do corpo bem como muitas outras medições e fornecendo informações sobre a sua composição e história geológica. Vesta tem um diâmetro médio de 525 km, enquanto Ceres tem um diâmetro médio de 950 km. Vesta e Ceres são os dois corpos mais maciços da cintura de asteroides, localizada entre Marte e Júpiter.

Links:

Cobertura da missão Dawn pelo Núcleo de Astronomia do CCVAlg:
30/01/2015 - Dawn captura imagens de Ceres com resolução superior à do Hubble
02/01/2015 - Sonda Dawn começa aproximação ao planeta anão Ceres
09/12/2014 - Dawn captura a sua melhor imagem, até agora, de Ceres 
03/09/2013 - Ceres - um dos factores de mudança no prisma do Sistema Solar
04/09/2012 - Dawn prepara-se para sair de Vesta e rumar até Ceres
11/05/2012 - Missão Dawn revela segredos de asteróide gigante 
13/12/2011 - Será Vesta o "planeta terrestre mais pequeno"?
19/07/2011 - Sonda Dawn envia imagens a partir de órbita de Vesta
15/07/2011 - Sonda Dawn entra em órbita de asteróide dia 15 de Julho
28/06/2011 - Dawn aproxima-se de estadia de um ano em asteróide gigante 
12/09/2007 - Dawn a um passo de viagem até cintura de asteróides

Notícias relacionadas:
NASA (comunicado de imprensa)
The Planetary Society
Astronomy
Universe Today
SPACE.com
PHYSORG.com
Astronomy Now Online
Discovery News
UPI
TSF
Diário de Notícias
AstroPT

Sonda Dawn:
Página oficial
NASA
Wikipedia

Ceres:
Wikipedia

Vesta:
Voo virtual da Dawn por Vesta (YouTube)
Wikipedia


comments powered by Disqus

 


Esta imagem do planeta anão Ceres foi capturada pela sonda Dawn da NASA no dia 19 de Fevereiro a uma distância de 46.000 quilómetros. Mostra que a mancha mais brilhante de Ceres tem uma companheira mais ténue, que aparentemente está situada na mesma bacia.
Crédito: NASA/JPL-Caltech/UCLA/MPS/DLR/IDA
(clique na imagem para ver versão maior)


Estas imagens do planeta anão Ceres, processadas para melhorar a nitidez, foram obtidas no passado dia 19 de Fevereiro, a uma distância de mais ou menos 46.000 quilómetros, pela sonda Dawn. A Dawn observou uma rotação completa de Ceres, que demora aproximadamente nove horas.
Crédito: NASA/JPL-Caltech/UCLA/MPS/DLR/IDA
(clique na imagem para ver versão maior)

 
Top Thingy Right