Top thingy left
 
SELECIONADA NOVA MISSÃO PARA EXPLORAR ORIGENS DO UNIVERSO
19 de fevereiro de 2019

 


A missão SPHEREx (Spectro-Photometer for the History of the Universe, Epoch of Reionization and Ices Explorer) tem lançamento previsto para 2023. Vai ajudar os astrónomos a a entender como o nosso Universo evoluiu e quão comuns são os ingredientes da vida nos sistemas planetários da nossa Galáxia.
Crédito: Caltech
(clique na imagem para ver versão maior)

 

A NASA selecionou uma nova missão espacial que ajudará os astrónomos a entender como o nosso Universo evoluiu e quão comuns são os ingredientes da vida nos sistemas planetários da nossa Galáxia.

A missão SHPHEREx (Spectro-Photometer for the History of the Universe, Epoch of Reionization and Ices Explorer) terá uma duração planeada de dois anos, com um custo de 242 milhões de dólares (não inclui o custo do lançamento) e com lançamento previsto para 2023.

"Estou muito empolgado com esta nova missão," disse o Administrador da NASA Jim Bridenstine. "Não apenas expande a poderosa frota de missões espaciais dos EUA, dedicada a desvendar os mistérios do Universo, como também é uma parte essencial de um programa científico equilibrado que inclui missões de vários tamanhos."

A nave SPHEREx vai estudar o céu no visível bem como no infravermelho próximo que, embora não seja visível ao olho humano, serve como uma ferramenta poderosa para responder a perguntas cósmicas. Os astrónomos vão usar a missão para recolher dados sobre mais de 300 milhões de galáxias, bem como de mais de 100 milhões de estrelas na nossa própria Via Láctea.

"Esta incrível missão será um tesouro de dados únicos para os astrónomos," disse Thomas Zurbuchen, administrador associado do Diretorado de Missões Científicas da NASA. "Vai fornecer um mapa galáctico sem precedentes que contém 'impressões digitais' dos primeiros momentos da história do Universo. E teremos novas pistas para um dos maiores mistérios da ciência: o que fez o Universo expandir-se tão depressa menos de um nanossegundo depois do Big Bang?"

O orbitador SPHEREx vai examinar centenas de milhões de galáxias próximas e distantes, algumas tão longínquas que a sua luz demorou 10 mil milhões de anos a chegar à Terra. Na Via Láctea, a missão vai procurar água e moléculas orgânicas - essenciais para a vida como a conhecemos - em berçários estelares, regiões onde as estrelas nascem do gás e da poeira, bem como discos em volta de estrelas onde podem estar a formar-se novos planetas.

A cada seis meses, o SPHEREx efetuará um levantamento de todo o céu usando tecnologias adaptadas dos satélites da Terra e das sondas marcianas. A missão criará um mapa de todo o céu em 96 faixas de cores diferentes, excedendo largamente a resolução de cores dos mapas anteriores. Também vai identificar alvos para estudos mais detalhados por futuras missões, como o Telescópio Espacial James Webb e o WFIRST (Wide Field Infrared Survey Telescope).

 


comments powered by Disqus

 

Links:

Notícias relacionadas:
NASA (comunicado de imprensa)
Instituto de Tecnologia de Rochester (comunicado de imprensa)
Science
SPACE.com
Astronomy Now
COSMOS
EurekAlert!
Space Daily
Popular Mechanics
engadget
Gizmodo
Rádio Comercial
Visão
Jornal i
Diário de Notícias
Diário de Notícias
ZAP.aeiou

SPHEREx:
Caltech
Wikipedia

Universo:
Universo (Wikipedia)
Idade do Universo (Wikipedia)
Estrutura a grande-escala do Universo (Wikipedia)
Big Bang (Wikipedia)
Cronologia do Big Bang (Wikipedia)

 
Top Thingy Right