Top thingy left
 
A NASA vai alterar a forma como aponta o Telescópio Espacial Hubble
7 de junho de 2024
 

Esta imagem do Telescópio Espacial Hubble foi obtida no dia 19 de maio de 2009 durante a quinta e última missão de serviço.
Crédito: NASA
 
     
 
 
 

Depois de completar uma série de testes e de considerar cuidadosamente as suas opções, a NASA anunciou na passada terça-feira que está em curso um trabalho de transição do seu Telescópio Espacial Hubble para funcionar utilizando apenas um giroscópio. Embora o telescópio tenha entrado em modo de segurança a 24 de maio, onde permanecerá até à conclusão dos trabalhos, esta alteração permitirá ao Hubble continuar a explorar os segredos do Universo durante esta década e na próxima, sem que a maioria das suas observações seja afetada.

Dos seis giroscópios atualmente existentes na nave espacial, três permanecem ativos. Medem as velocidades de viragem do telescópio e fazem parte do sistema que determina e controla a direção para onde o telescópio está apontado. Ao longo dos últimos seis meses, um giroscópio em particular tem apresentado leituras cada vez mais incorretas, fazendo com que o telescópio espacial entre em modo de segurança várias vezes e suspenda as observações científicas enquanto o telescópio aguarda novas instruções do solo.

Este giroscópio está a sofrer de "saturação", indicando o valor máximo de velocidade de rotação possível, independentemente da rapidez com que o telescópio está a girar. Embora a equipa tenha repetidamente conseguido repor a eletrónica do giroscópio para que as leituras voltassem ao normal, os resultados têm sido apenas temporários, antes de o problema reaparecer, como aconteceu novamente no final de maio.

Para regressar a operações científicas consistentes, a NASA está a fazer a transição do telescópio para um novo modo operacional que há muito considerava: o Hubble funcionará apenas com um giroscópio, mantendo outro giroscópio disponível para utilização futura. Foram instalados seis novos giroscópios durante a quinta e última missão de manutenção pelo vaivém espacial em 2009. Até à data, três desses giroscópios continuam operacionais, incluindo o giroscópio que está atualmente com problemas, que a equipa continuará a monitorizar. O Hubble usa três giroscópios para maximizar a eficiência, mas pode continuar a fazer observações científicas com apenas um giroscópio. A NASA desenvolveu este plano pela primeira vez há mais de 20 anos, como o melhor modo operacional para prolongar a vida do Hubble e permitir-lhe fornecer ciência consistente com menos de três giroscópios em funcionamento. O Hubble operou anteriormente em modo de dois giroscópios, com uma diferença insignificante para o modo de um giroscópio, de 2005 a 2009. As operações com um giroscópio foram demonstradas em 2008 durante um curto período de tempo, sem impacto na qualidade da observação científica.

Embora continue a efetuar observações científicas em modo monogiro, prevêem-se algumas pequenas limitações. O observatório precisará de mais tempo para girar e fixar um alvo científico e não terá tanta flexibilidade quanto ao local onde pode observar num dado momento. Também não será capaz de seguir objetos em movimento mais próximos do que Marte, embora estes sejam alvos raros para o Hubble.

A transição envolve a reconfiguração do telescópio e do sistema terrestre, bem como a avaliação do impacto nas futuras observações planeadas. A equipa espera retomar as operações científicas a meio do mês de junho. Uma vez em modo monogiro, a NASA prevê que o Hubble continue a fazer novas descobertas cósmicas ao lado de outros observatórios, como o Telescópio Espacial James Webb e o futuro Telescópio Espacial Nancy Grace Roman, nos próximos anos.

Lançado em 1990, o Hubble mais do que duplicou o tempo de vida previsto do projeto e tem observado o Universo há mais de três décadas, celebrando recentemente o seu 34.º aniversário.

// NASA (comunicado de imprensa)

 


Telescópio Espacial Hubble:
Hubble, NASA 
ESA
Hubblesite
STScI
SpaceTelescope.org
Base de dados do Arquivo Mikulski para Telescópios Espaciais
Arquivo de Ciências do eHST
Operando o Hubble com apenas um giroscópio (NASA)

Giroscópio:
Wikipedia

 
   
 
 
 
Top Thingy Right