Top thingy left
 
SOHO LIDERARÁ FROTA DE OBSERVATÓRIOS SOLARES
30 de Maio de 2006
 

Novos financiamentos para prolongar a missão do venerável "cão de guarda" do Sol, a SOHO, farão com que tenha um papel fundamental na nova frota de sondas solares, que ao longo dos próximos anos serão lançadas.

Desde o seu lançamento a 2 de Dezembro de 1995, o Observatório Solar e Heliosférico providenciou uma visão do Sol sem precedentes - e não só do lado virado para a Terra. Duas equipas desenvolveram agora técnicas que permitirão à SOHO recriar as condições no lado oposto do Sol. Os novos fundos permitirão a extensão da missão, de Abril de 2007 até Dezembro de 2009.

Embora tenha já mais de dez anos, a SOHO continua a trabalhar, vigiando a actividade do Sol e permitindo aos cientistas ver o interior do Sol ao registar ondas sísmicas que ondulam pela superfície da nossa estrela.

Mais de 2300 cientistas usaram os dados do observatório solar na sua pesquisa, publicando mais de 2400 artigos científicos nas mais variadas revistas e jornais. Durante os últimos dois anos, pelo menos um trabalho da SOHO foi aceite para publicação cada dia útil.

"Esta extensão da missão irá permitir à SOHO cimentar a sua posição como a sonda mais importante da história da física solar," diz Bernhard Fleck, cientista do projecto SOHO, "Ainda resta muito trabalho valioso para esta sonda fazer."

Durante os próximos dois anos, cinco novas sondas solares irão juntar-se à SOHO em órbita. A ESA está envolvida em duas destas. A Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (ISAS/JAXA) construiu a Solar B e será lançada ainda este ano. A Agência Europeia irá fornecer uma estação terrestre em Svalbard, Noruega, em troca de acesso aos dados.

Em 2007, a ESA irá lançar Proba-2, um satélite de demonstração tecnológica que tranporta instrumentos solares. Em particular, terá um instrumento complementar à câmara EIT da SOHO. Enquanto a EIT concentra-se na origem e desenvolvimento prévio das erupções solares, a câmara da Proba-2 será capaz de as seguir no espaço.

A NASA planeia lançar o par de sondas STEREO em Julho, e a "Solar Dynamics Orbiter" (SDO) em 2008. Longe de tornar a SOHO obsoleta, estes novos satélites solares abraçam-na como um membro crucial da equipa. A SOHO irá providenciar um crítico terceiro ponto de vista para assistir na análise das observações da STEREO. Também, o coronógrafo da SOHO continuará a ser único. O instrumento é capaz de tapar o brilho do Sol para que a ténue atmosfera exterior do Sol seja visível para estudo.

"No próximo ano, teremos uma frota de sondas a estudar o Sol," diz Hermann Opgenoorth, líder da divisão de missões do Sistema Solar na ESA. Este estudo irá avançar o programa ILWS (International Living With a Star), uma colaboração internacional de cientistas dedicados ao estudo de longo-termo do Sol e dos seus efeitos na Terra e nos outros planetas do Sistema Solar.

O programa ILWS possivelmente culminará no lançamento do avançado satélite da ESA, o Solar Orbiter, por volta de 2015. Está desenhado para viajar perto do Sol e recolher imagens detalhadas dos poderosos processos que ocorrem no coração do nosso Sistema Solar.

Links:

Notícias relacionadas:
ESA (comunicado de imprensa)
Universe Today

SOHO:
Página oficial
Página da ESA
Wikipedia

Solar B:
JAXA
NASA

Proba-2:
ESA

STEREO:
GSFC
NASA
JHUAPL

SDO:
NASA

ILWS:
NASA
Solar Orbiter (ESA)


Impressão de artista da sonda SOHO.
Crédito: ESA
(clique na imagem para ver versão maior)


Impressão de artista das sondas gémeas STEREO.
Crédito: NASA/Johns Hopkins University Applied Physics Laboratory
(clique na imagem para ver versão maior)

 
Top Thingy Right