Top thingy left
 
CURIOSITY ATERRA EM MARTE!
7 de Agosto de 2012

 

O rover marciano mais avançado de sempre, o Curiosity, aterrou com sucesso no Planeta Vermelho. O rover de 1 tonelada, suportado por cabos num "guindaste aéreo", aterrou no solo na manhã de Segunda-feira, terminando uma viagem de 36 semanas e começando uma investigação de dois anos.

A nave MSL (Mars Science Laboratory) que transportava o Curiosity teve sucesso em todas as etapas da aterragem mais complexa já tentada em Marte, incluindo o corte dos "cordões umbilicais" que o ligavam à grua aérea a motores e à manobra de fuga da mesma. A sonda Mars Reconnaissance Orbiter também conseguiu fotografar a descida da nave, tal como conseguiu com a chegada da Phoenix.

"Hoje, as rodas do Curiosity começaram a desbravar caminho para as primeiras pegadas humanas em Marte. O Curiosity, o rover mais sofisticado alguma vez construído, está agora na superfície do Planeta Vermelho, onde irá procurar a resposta às antigas questões 'já houve vida em Marte -- ou se pode suster vida no futuro," afirma Charles Bolden, administrador da NASA. "Este é um feito incrível, tornado possível por uma equipa de cientistas e engenheiros de todo o mundo e liderada pelos extraordinários homens e mulheres da NASA e do JPL. O Presidente Obama estabeleceu uma corajosa visão de enviar humanos até Marte em meados da década de 2030, e a aterragem de hoje marca um importante passo na direcção desse objectivo."

O Curiosity aterrou às 06:32 de 6 de Agosto, perto do sopé do Monte Sharp, com o tamanho do Kilimanjaro e com 155 km de diâmetro, dentro da Cratera Gale. Durante uma missão principal com a duração de dois anos, o rover irá investigar se a região já ofereceu condições favoráveis à vida microbiana.

"Os 'sete minutos de terror' tornaram-se em 'sete minutos de triunfo'," afirma John Grunsfeld, vice administrador da NASA para a Ciência. "A minha imensa alegria no sucesso desta missão é igualada apenas pelo esmagador orgulho que sinto pelas mulheres e homens da equipa da missão."

O Curiosity já enviou as suas primeiras imagens de Marte, fotos a preto e branco de ângulo largo do chão perto da frente e da traseira do rover. São esperadas mais e melhores imagens ao longo dos próximos dias à medida que a missão mistura observações do local de aterragem com actividades de configuração do rover, para trabalho e diagnóstico da performance dos seus instrumentos e mecanismos.

"O nosso Curiosity fala connosco desde a superfície de Marte," afirma Peter Theisinger, gestor do projecto MSL no JPL da NASA em Pasadena, no estado americano da Califórnia. "A aterragem leva-nos para lá dos momentos mais perigosos do projecto, e começa uma nova e excitante missão em busca dos seus objectivos científicos."

A confirmação bem-sucedida da aterragem do Curiosity veio graças a comunicações retransmitidas pela sonda Mars Odyssey da NASA e recebidas em Camberra, Austrália, pela rede de antenas DSN (Deep Space Network) da NASA.

O Curiosity transporta 10 instrumentos científicos, com uma massa total 15 vezes superior à dos rovers Spirit e Opportunity. Algumas das suas ferramentas são as primeiras do seu género em Marte, tais como um laser que analisa a composição das rochas à distância. O rover vai usar uma broca e recolher amostras com o seu braço robótico, depositando-as no interior do seu corpo principal, onde serão analisadas no seu laboratório analítico.

Para aguentar com este conjunto de ferramentas científicas, o Curiosity tem o dobro do tamanho e é cinco vezes mais pesado que os rovers Spirit e Opportunity. O local de aterragem, dentro da Cratera Gale, coloca o rover a pouca distância das camadas do interior montanhoso da cratera. As observações de órbita identificaram argilas e minerais de sulfato nas camadas subsuperficiais, indicando uma história molhada.

Links:

Cobertura da missão do rover Curiosity pelo CCVAlg:
03/08/2012 - Rover Curiosity: tudo ou nada
31/07/2012 - Aterragem de rover marciano segue grande tradição dramática com 40 anos
17/07/2012 - Rover Curiosity a caminho da aterragem no início de Agosto
20/12/2011 - Rover marciano da NASA começa pesquisa no espaço
25/11/2011 - Como é que o Curiosity vai para Marte? Com muito cuidado
22/11/2011 - Mega-rover pronto para pesquisar sinais de vida em Marte
05/07/2011 - Rover Curiosity poderá subir monte com altura do Kilimanjaro

Notícias relacionadas:
NASA (comunicado de imprensa)
ESA
Universe Today
Universe Today - 2
Universe Today - 3
SPACE.com

SPACE.com - 2
SPACE.com - 3
Sky & Telescope
Astronomy
POPSCI
PHYSORG
PHYSORG - 2
Scientific American
New Scientist
Wired
Discover
National Geographic
National Geographic - 2
Discovery News
Discovery News - 2
io9
TIME
BBC News
UPI.com
Reuters
Diário de Notícias
Expresso
Público
SAPO
TSF
RTP
SIC
TVI
AstroPT
AstroPT - 2

Rover Curiosity (MSL):
NASA
NASA - 2 
NASA - 3
GetCurious.com
Wikipedia
Controladores durante momento da aterragem (YouTube)
A Ciência do Curiosity (YouTube) 
Química em Marte: a missão do Curiosity (YouTube)

Spirit e Opportunity:
NASA
Wikipedia

Marte:
Núcleo de Astronomia do CCVAlg
Wikipedia

 


A sonda Mars Reconnaissance Orbiter, graças à sua câmara HiRISE, avista a nave MSL e o seu pára-quedas.
Crédito: NASA/JPL-Caltech/Universidade do Arizona
(clique na imagem para ver versão maior)


Uma das primeiras imagens capturadas pelo rover Curiosity. É uma foto "olho de peixe" do lado esquerdo de um par de câmaras stereo das traseiras do veículo. Uma das rodas está à direita, a fonte de alimentação está em cima, e no canto inferior direito está a tampa que protegia a câmara do pó. A câmara está a fotografar na direcção do Sol
Crédito: NASA/JPL-Caltech
(clique na imagem para ver versão anotada)


Esta imagem obtida pelo Curiosity mostra o objectivo do rover - o seu alvo pricipal, o Monte Sharp. A sombra do veículo pode ser vista no pano da frente, e as bandas escuras ao longe são dunas.
Crédito: NASA/JPL-Caltech
(clique na imagem para ver versão maior)

 
Top Thingy Right