Top thingy left
 
ROVER DA NASA COMPLETA PRIMEIRA ANÁLISE DE SOLO MARCIANO
4 de Dezembro de 2012

 

O rover Curiosity da NASA usou a sua gama completa de instrumentos para analisar solo marciano pela primeira vez, e encontrou uma química complexa. Água e substâncias que contêm enxofre e cloro, entre outros ingredientes, foram detectados em amostras recolhidas pelo braço robótico do Curiosity e depositadas num laboratório analítico dentro do veículo.

A detecção das substâncias durante esta fase inicial da missão demonstra a capacidade do laboratório para analisar amostras diversas de solo e de rochas ao longo dos próximos dois anos. Os cientistas também têm verificado as capacidades dos instrumentos do rover.

O Curiosity é o primeiro rover marciano capaz de escavar o solo e depositar amostras em instrumentos analíticos. A amostra específica de solo é poeira e areia soprada pelo vento e depositada num local apelidado de "Rocknest". O local fica numa parte relativamente plana da Cratera Gale, ainda a quilómetros de distância do destino principal do rover, a encosta do Monte Sharp. O laboratório do rover inclui o instrumento SAM (Sample Analysis at Mars) e o CheMin (Chemistry and Mineralogy). O SAM utilizou três métodos para analisar gases emitidos a partir da areia quando esta foi aquecida num pequeno forno. Uma classe de substâncias que o SAM procura são compostos orgânicos - químicos que contêm carbono, que podem ser ingredientes para a vida.

"Nós não temos nenhuma detecção definitiva de material orgânico em Marte neste momento, mas vamos continuar a procurar nos diversos ambientes da Cratera Gale," afirma Paul Mahaffy, investigador principal do SAM no Centro Aeroespacial Goddard da NASA em Greenbelt, no estado americano de Maryland.

O instrumento APXS do Curiosity e a câmara MAHLI (Mars Hand Lens Imager) no braço do rover confirmaram que Rocknest tem uma composição química e aparência semelhante a locais visitados anteriormente pelos rovers da NASA Pathfinder, Spirit e Opportunity.

A equipa do Curiosity seleccionou Rocknest como o primeiro local de recolha de amostras porque tem partículas finas de areia, adequadas para as superfícies interiores das câmaras de manuseio do braço robótico. A areia sofreu vibrações dentro das mesmas para remover resíduos da Terra. As ampliações de Rocknest pelo MAHLI mostram uma crosta revestida de pó com a espessura de um ou dois grãos de areia, cobrindo areia mais fina e escura.

"A areia espalhada pelo vento em Marte parece mais escura na superfície," afirma Ken Edgett, investigador principal do MAHLI, do MSSS (Malin Space Science Systems) em San Diego. "Esta é uma deriva que teve tempo para estar inactiva, deixando a crosta formar-se e poeira acumular-se sobre ela."

O estudo de amostras de Rocknest pelo CheMin descobriu que a composição é de cerca de metade de comuns minerais vulcânicos e a outra metade de minerais não-cristalinos como vidro. O SAM adicionou informações sobre os ingredientes presentes em concentrações muito mais baixas e sobre os rácios dos isótopos. Os isótopos são formas diferentes do mesmo elemento e podem fornecer pistas sobre mudanças ambientais. A água vista pelo SAM não significa que o local estava molhado. As moléculas de água ligadas a grãos de areia ou poeira não são incomuns, mas a quantidade vista foi maior do que o previsto.

O SAM identificou provisoriamente oxigénio e o composto de cloro, perclorato. Este é um produto químico previamente encontrado no solo ártico marciano pelo "lander" Phoenix. As reacções com outros químicos aquecidos no SAM formaram o composto clorato de metano - um carbono orgânico detectado pelo instrumento. O cloro tem origem marciana, mas é possível que o carbono seja de origem terrestre, transportado pelo Curiosity e detectado graças à alta sensibilidade do SAM.

"Nós usámos quase todas as partes da nossa carga científica para examinar esta zona de solo," afirma John Grotzinger, cientista do projecto Curiosity do Instituto de Tecnologia da Califórnia, em Pasadena. "As sinergias dos instrumentos e a riqueza dos conjuntos de dados prometem grandes descobertas no destino principal da missão do Curiosity, o Monte Sharp."

Links:

Cobertura da missão do rover Curiosity pelo CCVAlg:
06/11/2012 - Rover Curiosity encontra pistas de mudanças na atmosfera de Marte
02/11/2012 - Curiosity analisa primeiras amostras de solo marciano
02/10/2012 - Curiosity descobre que tempo em Marte é surpreendentemente quente
28/09/2012 - Rover Curiosity descobre antigo leito na superfície marciana
21/09/2012 - Rover Curiosity aponta armas para rocha invulgar na sua viagem
07/09/2012 - Rover Curiosity começa actividades com o seu braço robótico
31/08/2012 - Curiosity começa viagem para Este
28/08/2012 - Curiosity envia incrível imagem em alta-resolução do Monte Sharp
21/08/2012 - Laser e braço do Curiosity passam primeiros testes
10/08/2012 - Curiosity envia 1.º panorama a cores
07/08/2012 - Curiosity aterra em Marte!
03/08/2012 - Rover Curiosity: tudo ou nada
31/07/2012 - Aterragem de rover marciano segue grande tradição dramática com 40 anos
17/07/2012 - Rover Curiosity a caminho da aterragem no início de Agosto
20/12/2011 - Rover marciano da NASA começa pesquisa no espaço
25/11/2011 - Como é que o Curiosity vai para Marte? Com muito cuidado
22/11/2011 - Mega-rover pronto para pesquisar sinais de vida em Marte
05/07/2011 - Rover Curiosity poderá subir monte com altura do Kilimanjaro

Notícias relacionadas:
NASA (comunicado de imprensa)
PHYSORG
SPACE.com
New Scientist
New Scientist - 2
Sky & Telescope
Universe Today
The Planetary Society
COSMOS
Science
Nature
redOrbit
National Geographic
Discovery News
TIME
UPI.com
BBC News
AstroPT
Jornal de Notícias
Visão
Diário de Notícias
Público

Rover Curiosity (MSL):
NASA
NASA - 2 
NASA - 3
Wikipedia

Marte:
Núcleo de Astronomia do CCVAlg
Wikipedia


comments powered by Disqus

 


Imagem da terceira e quarta trincheira feita pela pá de 4 centímetros do rover Curiosity em Outubro de 2012.
Crédito: NASA/JPL-Caltech/MSSS
(clique na imagem para ver versão maior)


O rover Curiosity fotografou-se a ele próprio numa área chamada "Rocknest", no 84.º dia marciano, ou sol, da missão (31 de Outubro de 2012).
Crédito: NASA/JPL-Caltech/LANL/CNES/IRAP
(clique na imagem para ver versão maior)


Estas imagens mostram a variedade de solos descobertos nos vários locais de aterragem em Marte.
Crédito: NASA/JPL-Caltech
(clique na imagem para ver versão maior)

 
Top Thingy Right